SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA ATIVIDADES DO PROJETO “VIVA PARA VALER”

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Piumhi vem desenvolvendo diversas atividades do projeto “Viva para Valer”. O público-alvo dessas atividades envolve todas as faixas etárias, principalmente a terceira idade.

A expectativa média de vida dos brasileiros aumentou acentuadamente e esta mudança precisa ser acompanhada pela melhoria ou manutenção da saúde e qualidade de vida. Neste sentido, é notório que a prática regular de atividade física está atrelada a este aumento da expectativa de vida e consequentemente a um envelhecer mais saudável.

A atividade física é benéfica em qualquer idade, principalmente na terceira idade, em que é verificado um declínio da capacidade física. Nesse contexto a atividade física se torna ainda mais importante, pois a melhora da aptidão aeróbia, da força muscular e da flexibilidade combate a osteoporose, a obesidade, a arteriosclerose e a depressão, permitindo a independência e autonomia.

Atualmente, cerca de 300 pessoas estão participando das atividades físicas e do projeto viva pra valer. O Projeto Viva para Valer é coordenado pela referência em Alimentação e Nutrição Municipal, Graciely Aparecida Araújo, e pela Coordenadora do NASF (Núcleo de Apoio á Saúde da Família), Marisa de Fátima Ferreira.

As atividades físicas são ações coordenadas pelo NASF e os educadores físicos responsáveis pelas atividades são Ricardo Soares de Souza e Rilsa Kele Souza Teixeira. As nutricionistas são Haline dos Reis e Karyne Rodrigues da Silva.

O projeto iniciou em julho deste ano e é aberto a toda população do município. Os interessados podem procurar o PSF em que são cadastrados e se informarem sobre o projeto e sobre os dias e horários dos grupos de atividade física existentes nos PSF (Programa Saúde da família) e na Academia de Saúde .

Segundo a Secretária de Saúde, Aline Barbosa, este projeto é importante para a população, pois irá promover ações de promoção e prevenção em saúde.

“Com esse projeto vamos incentivar a população a participar dos grupos de atividade física; propiciar momentos de interação e socialização; orientar a população sobre hábitos alimentares saudáveis; promover bem estar e a qualidade de vida tanto em nível individual quanto coletivo; promover momentos de interação da população junto as Nutricionista com curso de manuseio de alimentos; manter saúde visando reduzir a prevalência de: hipertensão, diabetes mellitus, insuficiência vascular periférica, dislipidemia, baixa autoestima, depressão; orientar quanto ao autocuidado necessário para manutenção do estado de saúde e prevenir distúrbios funcionais”, ressaltou Aline.

O Prefeito Adeberto José de Melo (Deco) classificou o programa como completo, tendo em vista que o mesmo engloba as atividades físicas e alimentação saudável. Pontos essenciais para uma boa saúde e expectativa de vida maior.

Aumentar Fonte
Contraste