PREFEITURA RECEBE DOAÇÃO DE VEÍCULO PARA O SETOR DE ENDEMIAS

 

Na última sexta-feira, (31), o Prefeito Adeberto José de Melo (Deco), esteve em Belo Horizonte para receber um veículo que foi doado pelo Ministério da Saúde, ao setor de endemias de Piumhi.

O veículo é uma camionete Mitsubishi L200 Triton 4×4, com capacidade de até 5 passageiros, que auxiliará os profissionais de combate ao Aedes Aegypt (mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya), ajudando no bloqueio de transmissões. O carro também será utilizado para a aplicação de inseticidas em áreas com incidência do mosquito.

A necessidade dessa nova condução é de grande valia para melhorar o trabalho de prevenção. Em Piumhi, foram notificados 53 casos de dengue, sendo 20 confirmados, além de registrar 1 caso de zika em uma gestante, e um em investigação. O setor de endemias realiza constantemente mutirões de limpeza.

O responsável pelo setor de endemias, Luiz Henrique Vieira Mota, explanou que veículo veio em um momento muito importante para a cidade.

“Esse veículo surgiu em uma boa hora, visto que, o nosso carro é um pouco mais antigo e acaba tendo que ficar em manutenção com uma incidência maior. O novo veículo nos ajudará muito a continuar desenvolvendo nosso trabalho da melhor forma possível”.

Ainda segundo Luiz Henrique, a administração atual tem dado muito apoio e investimento ao setor e a esses problemas.

“Nossos profissionais estão engajados para evitar que novos casos aconteçam. Ter melhores condições e poder contar com esse novo instrumento de trabalho é motivador, nos faz querer cada vez mais ofertar à população o melhor dos nossos esforços”.

Luiz também contou que, com o período de chuvas se aproximando, a incidência de casos de dengue são ainda maiores, e por isso a população deve estar em acordo com os esforços dos agentes de endemias, auxiliando a proteger suas residências, tendo cuidado ainda maior para não deixar água parada, seja em vasos de plantas, vasilhas, caixas d’água entre outros locais que podem surgir esse acumulamento de água. O setor conta com o apoio de toda população para que não ocorram mais casos da doença em nossa cidade.

Aumentar Fonte
Contraste