PIUMHI CUMPRE COM ÊXITO META DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO E A POLIOMIELITE

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Piumhi está engajada na campanha de vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite. A ação teve início no dia 06 de agosto e até o momento cerca de 103% da meta de crianças já foram vacinadas. A campanha ainda vai até o dia 14 de setembro e mais de 900 crianças, de 01 ano a menores de 05 anos, já foram compareceram aos locais de aplicação das vacinas.

O Serviço de Vigilância em Saúde do município de Piumhi, no período de 01/05/2018 até a data atual, segundo consulta no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), consta no banco de dados do município 07 casos notificados sob suspeita do agravo sarampo. Desses casos, 04 foram encerrados como descartados, 02 casos ainda estão em análise pelo laboratório de referência FUNED e 01 caso realizado com 02 amostras coletadas de sorologia com IGM inconclusivo para sarampo enviadas a FUNED.

A secretaria tem realizado parceria com as Unidades Básicas de Saúde tanto do município como da área rural para melhor divulgação, orientação e busca ativa das crianças, além da promoção de palestras sobre conscientização quanto aos agravos da doença. Foi realizada ainda uma parceria com as escolas e creches para divulgar os informativos.

Sobre as doenças:

O sarampo é uma doença infectocontagiosa causada por um vírus chamado Morbillivirus. A enfermidade é uma das principais responsáveis pela mortalidade infantil em países subdesenvolvidos. Seus sintomas incluem febre e manchas no corpo, e o tratamento é feito para atenuar estes sintomas.

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa aguda, causada por um vírus que vive no intestino, denominado Poliovírus. Embora ocorra com maior frequência em crianças menores de quatro anos, também pode ocorrer em adultos. O período de incubação da doença varia de dois a trinta dias sendo, em geral, de sete a doze dias.

 A maior parte das infecções apresenta poucos sintomas (forma subclínica) ou nenhum e estes são parecidos com os de outras doenças virais ou semelhantes às infecções respiratórias como gripe – febre e dor de garganta – ou infecções gastrintestinais como náusea, vômito, constipação (prisão de ventre), dor abdominal e, raramente, diarreia.

Cerca de 1% dos infectados pelo vírus pode desenvolver a forma paralítica da doença, que pode causar sequelas permanentes, insuficiência respiratória e, em alguns casos, levar à morte. Em geral, a paralisia se manifesta nos membros inferiores de forma assimétrica, ou seja, ocorre apenas em um dos membros. As principais características são a perda da força muscular e dos reflexos, com manutenção da sensibilidade no membro atingido.

É muito importante a prevenção dessas doenças, pois as mesmas podem levar a problemas graves e até mesmo à morte. A prioridade para vacinação é para as crianças entre 01 e menores de 05 anos, os demais acima de 05 anos são orientados a procurar as unidades de vacinação após o término da campanha, quando houver um reabastecimento do estoque de vacinas.

Esse ano como a secretaria cumpriu e ultrapassou a meta de vacinação com êxito não haverá o Dia D mas para quem ainda não tiver levado as crianças para vacinar podem procurar a unidade de vacinação mais próxima. Mais informações pelo telefone (37) 3371-9229.

Aumentar Fonte
Contraste