MAIS DE 200 CIRURGIAS SÃO REALIZADAS PELO CANIL DE PIUMHI ESSE ANO

 

Com instalações adaptadas para receber os animais e uma equipe capacitada de 05 funcionários e um veterinário, o Canil de Piumhi, somente nesses quatro primeiros meses do ano, realizou 201 cirurgias em cães, entre elas 190 foram castrações.

Segundo o veterinário responsável pelo local, Rogério Arantes, o canil oferece atendimento clínico e cirúrgico, tratamento dos animais enfermos, controle populacional dos cães com as castrações e vacinação antirrábica dos animais de rua, com uma média de 04 cães atendidos por dia.

Ele falou que cerca de 60 cães se encontram no centro de zoonose. Além desses, cerca de 6 animais doentes que chegam ao canil são avaliados por dia, uma média de 35 animais por semana.

Rogério explicou que a estrutura do canil foi adaptada para acomodar os cães da melhor e mais correta maneira possível, sendo que no centro de zoonose existem 3 baias para filhotes mais novos, 4 baias coletivas grandes para 5 a 6 cães, 9 baias coletivas para 2 cães, 8 baias individual de internação, uma quarentena e 10 gaiolas para os animais que estão em tratamento mais intensivo como cães que estão na fluidoterapia, utilizada geralmente para tratar cães desidratados.

O veterinário falou que a zoonose presta serviços somente para os animais de rua que aparentemente estão doentes. Eles são recolhidos, examinados e avaliados, após isso é instituído o tratamento, os animas ficam no centro de zoonose até se recuperarem totalmente. Após tratados, eles são castrados e esperam um período para recuperação do pós-operatório.

Rogério ponderou que nesse período os animais estão para a adoção. Toda população pode visitar o local e levar para casa um animal saudável e bem tratado.

Ele frisou que todos os animais que dão entrada no centro de zoonoses recebem a vacina antirrábica e todo tratamento que necessitarem.

O Prefeito Adeberto José de Melo (Deco) comentou que já existia essa demanda há tempos e por isso foi uma das prioridades para resolver.

“Sabemos a quantidade de animais soltos nas ruas e a multiplicação deles com o passar do tempo. Além disso, as doenças são graves e até mesmo transmissíveis. Por este motivo, resolvemos dar prioridade ao assunto e colocar em prática essas ações para dar melhores condições aos cães, preservando até mesmo a saúde pública”, comentou Deco.

O canil funciona na Rua Antônio Goulart Silva, no Bairro Bela Vista, e na atualidade são recolhidos uma media de 15 cães por semana e as castrações são intercaladas entre os animais de rua e os cães que foram adotados. Informações pelo telefone: 37-99997-5676.

Aumentar Fonte
Contraste