EQUIPE DE APOIO A SAÚDE AO SISTEMA PRISIONAL É IMPLANTADA EM PIUMHI

 

Durante a última semana foi realizada uma reunião com o diretor do Presídio de Piumhi, Júlio César de Almeida, a assistente social do presídio Wania Maria Soares, a secretária de Saúde, Aline Silva Barbosa de Castro, o referência do programa E-SUS Thiago César e a Coordenadora da Atenção Básica, Rosane Ferreira de Souza Crispiano para definição das diretrizes de criação de uma equipe de apoio em Saúde para o Sistema Prisional de Piumhi. O encontro aconteceu na Vigilância em Saúde e foram definidas as metas e objetivos do serviço.

O programa será implantado pela Prefeitura de Piumhi, por meio da secretaria de saúde, em parceria com o governo do estado e é voltado para o atendimento médico dos reclusos do presídio do município.

Segundo a Secretaria de Saúde, o que será feito é a implementação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (PNAISP), que tem como objetivo garantir o acesso dessas pessoas privadas de liberdade no Sistema Prisional à saúde com qualidade.

Na oportunidade foi explicado que em um primeiro momento o médico, dentista e auxiliares irão atender as demandas dentro da unidade prisional e as equipes multidisciplinares iram realizar atividades de acordo com a identificação das demandas pelos responsáveis do Presídio de Piumhi.

O prefeito classificou a iniciativa como positiva, tendo em vista que o processo de cuidado com o cidadão deve acontecer em qualquer esfera. Por isso, não deve ser diferente com os que estão pagando as contas com a justiça. Assim, os presidiários estarão com melhor potencial de ressocialização quando estiverem de volta a conviver em sociedade.