DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA PROMOVEM EVENTO “PSICOLOGIA EM FOCO”

Na última sexta-feira, 05, foi realizado no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), de Piumhi, mais uma edição do Psicologia em Foco que tratou sobre a questão da Violência Sexual Infanto Juvenil: Possibilidades e impasses para a atuação dos profissionais do SUAS.

O evento contou com a participação de cerca de 90 participantes, dentre eles: Psicólogos, Assistentes Sociais, Professores, Conselheiros Tutelar, entre outros que vieram de diversas cidades da região.

Durante o debate, a Assistente Social Rosângela Mara que atua no Tribunal de Justiça da Comarca de Pará de Minas, apresentou as legislações que norteia a atuação dos profissionais que lidam diretamente com a questão da Violência Sexual de Crianças e Adolescentes.

Ela destacou ainda a importância dos equipamentos da Assistência Social que prestam o atendimento e o acompanhamento dos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes e a importância da atuação do Conselho Tutelar.

O evento enfatizou a questão do atendimento sigiloso e ético na abordagem desses casos, apresentando a necessidade dos profissionais estarem capacitados para lidar com essa demanda complexa que chega com frequência no cotidiano do trabalho.

A Psicologa Livia Soares, abordou as questões que diz respeito ao percurso histórico da criança e do adolescentes no Brasil, analisando as legislações e os serviços já existentes pela Politica de Assistência Social, que atende a demanda de violência sexual de criança e adolescente.

Apresentou elementos sobre a dificuldade da sub-notificação dos casos e a necessidade do trabalho em rede e sobretudo da capacitação continuada dos profissionais de todas as áreas.

Segundo o organizador do evento Warles Rodrigues Almeida, a Edição do Psicologia em Foco atingiu o objetivo tendo em vista a grande adesão de diversos profissionais oriundos de diversas cidades da região e pontuou que eventos como esse devem ser realizados mais vezes, como forma de capacitar os profissionais que atuam diretamente com essa demanda.