CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE COMEÇA NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA

 

Terá início a próxima segunda-feira, 23, a Campanha de vacinação contra a gripe H3N2 em Piumhi. A vacina cobre 3 tipos de gripe que são o H3N2, H1N1 e Influenza D.

As doses, em um primeiro momento estarão disponíveis apenas para os grupos prioritários estabelecidos pelo governo estadual, que são: crianças de 6 meses a 5 anos, idosos acima de 60 anos, gestantes, parturientes em até 45 dias após o parto, trabalhadores da área de saúde tanto da rede municipal quanto de iniciativas privadas.

Além de população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, pessoas portadoras de doenças crônicas, população indígena e professores de escolas públicas e particulares.

A campanha se estende por todo o mês de maio voltado para esse grupo prioritário. Após o fim da iniciativa, em meados de junho, as vacinas ficarão disponíveis à população em geral, sendo o Dia D de vacinação a ser realizado no dia 12 de maio, com a vacinação em massa na central.

Trabalhadores dentro do grupo de prioridades devem apresentar o documento que comprove que ele atua na área seja de saúde ou educacional. Os portadores de doenças crônicas devem apresentar atestado médico comprovando a necessidade, caso contrário não serão disponibilizadas as vacinas.

Pessoas que estão no grupo de risco para vacinação: asmáticos, hipertensos, diabéticos ou que tenham alergia a proteína do ovo, devem procurar orientação médica e apresentar atestado. Para doadores de sangue, a orientação é que não doem no período de no mínimo 48 horas após vacinação.

DOSES

Esse ano o governo disponibilizou aproximadamente 8.500 doses, dividindo em 6 lotes para maior controle, e para que não falte vacinas em todo o estado. A vacinação será realizada apenas na Central de Vacinas pois os profissionais que trabalham no setor receberam treinamento adequado para aplicação das mesmas.

A Secretária de Saúde, Aline Barbosa, pontou que “A vacinação é de suma importância, pois as pessoas devem se conscientizar sobre o bem que elas fazem à nossa saúde, prevenindo doenças que podem até mesmo causar a morte. Cada vez mais as pessoas devem procurar se vacinar, pois assim continuaremos lutando para disponibilizá-las à toda população”.

Para os interessados, a Central de Vacinação fica localizada na Rua Praça Doutor Avelino de Queiroz, n° 161, e atende no horário de 7 às 17hs.

Aumentar Fonte
Contraste