Prefeito busca recursos para educação e saúde de Piumhi

Na última semana, o Prefeito José Adeberto de Melo, (Deco), esteve em Belo Horizonte cumprindo agenda em busca de recursos para Educação e Santa Casa de Misericórdia de Piumhi.

O primeiro compromisso foi na cidade administrativa, onde se encontrou com o professor Hércules, chefe de gabinete do Secretário de Estado de Educação,a solicitando recursos para escolas estaduais do município. Na oportunidade, Deco falou sobre as verbas que foram destinadas à cidade, mas que ainda estão travadas no governo.

Os recursos serão usados para terminar a reforma da Escola Estadual João Menezes e dar início a obras de melhoria na Escola Estadual Professor Rebelo Horta. Três vereadores da cidade estiveram presentes na reunião e conclamaram para que o pedido fosse atendido, tendo em vista que, com a volta às aulas, os alunos precisam da infraestrutura da escola em plenas condições.

De acordo com Deco, somente com as verbas do estado, as obras poderão ser finalizadas. “Fomos até à Secretaria de Estado de Educação para agilizar a liberação dessas verbas, pois sem elas nada poderá ser feito. A situação será avaliada pela secretaria e acreditamos que, tão logo, teremos esses recursos para concluir as obras”, ressaltou Deco.

Ainda na capital, Deco esteve com Deputado Estadual Antônio Carlos Arantes e solicitou empenho do Deputado para que ajudasse no pedido de liberação dos recursos. Tanto para saúde, na intenção de resolver as pendências da Santa Casa, quanto para educação.

SANTA CASA

Ainda na capital, o prefeito foi até ao Gabinete do Deputado Estadual Emidinho Madeira e solicitou reforço no pedido de liberação dos recursos, de forma imediata, para Santa Casa. Emidinho se colocou à disposição do Prefeito e afirmou, categoricamente, que irá pressionar o governo para que os recursos da Santa Casa fossem repassados.

A Santa de Misericórdia de Piumhi já está em pleno funcionamento, mas precisa acertar as contas. Somente os recursos da Prefeitura não são suficientes para que o local funcione por completo.

Os serviços de urgência e emergência, plantão, em dias de semana e aos finais de semana, já estão funcionando. A maternidade e pediatria também. “Colocamos mais médicos para trabalhar em regime de plantão, para que todos sejam atendidos, quando for preciso, seja dia de semana ou fim de semana. Embora o atendimento tenha sido retomado, estamos nos empenhando juntos aos deputados e governo, para que as verbas cheguem logo à Santa Casa e todo problema seja sanado. De início, temos a garantia de R$215 mil reais para a entidade. Mas estamos correndo atrás de mais recursos”, afirmou Deco.

Deixe uma resposta