OBRAS NA PONTE DO BAIRRO CAPOEIRAS SÃO INICIADAS

 

As obras para demolição e reconstrução da antiga ponte de madeira que dá acesso ao bairro Capoeiras, foram iniciadas na última quarta-feira, 09. Essa é uma conquista do Prefeito Adeberto José de Melo (Deco) para os moradores da região, que há anos, desde administrações anteriores, cobram melhorias no local.

Segundo o Secretário de Obras, Edson Pereira da Silva (Edson Baiano), por intermédio do Subsecretário do Governo Marco Antônio Leite, foram concedidos recursos para pavimentação de várias ruas do município, como parte da Capitão Parreira, João Simões, Francisco Camilo e o complemento da Rua principal da zona rural da Lagoa dos Martins.

Ele explicou que são obras que necessitam de drenagem fluvial do local, pois nenhuma das ruas possui drenagem suficiente para o escoamento das águas da chuva. Edson disse que houve um processo de licitação para ser realizada asa obras, e que a duração deve ser de até 60 dias, podendo se estender devido a necessidade da drenagem que será realizada.

“Foi protocolado junto a Secretaria de Atendimento aos Municípios um pedido de recurso para que possamos fazer a pavimentação das ruas Doze e Oito, da Vila Agreny que fará a ligação entre a Rua Amazonas e João Pedro Goulart, a qual ainda não recebeu o asfaltamento”, reforçou Edson.

Já quanto à ponte que liga o Bairro Capoeiras ao Centro, o secretário explicou que deve ser executada em um prazo de 90 dias. Outra novidade contada por Edson, foi que o subsecretário Marco Antônio afirmou que já está liberado um conjunto de vigas para que possa ser feita uma nova ponte no Córrego do Paris Velho que liga o município de Piumhi a Capitólio, passado pela estrada da zona rural conhecida como Socorro.

Na oportunidade, Deco reforçou que este é um compromisso firmado com o município e que já estava prestes a ser concretizado.

“Como bem lembra o cidadão, nós firmamos uma série de compromissos que desde o início do mandato e estamos buscando realizar. Esse será mais um de nossos objetivos, fazer a construção dessas pontes e o asfaltamento nas áreas que mais necessitam no município”, comentou Deco.

Aumentar Fonte
Contraste