TREINAMENTO PARA INICIAR O INVENTÁRIO DE ARBORIZAÇÃO DO MUNICÍPIO É INICIADO

 

Trabalhando desde o início da atual gestão na elaboração do plano municipal de arborização urbana, a Secretaria Adjunta de Meio Ambiente iniciou na manhã de da última quinta-feira (25/07),  o treinamento para iniciar o inventário da arborização urbana de Piumhi.

Participaram a bióloga do departamento Eline dos Santos Oliveira, José Modesto de Oliveira (técnico agrônomo da prefeitura), Karla Santana Oliveira, Geraldo Magela (analista ambiental do IEF), Martiniano Fagundes do Nascimento (Secretario de Meio Ambiente). O curso foi ministrado pelo Coordenador Ambiental da CEMIG, Lucélio Nativo da Assunção.

O Departamento tem buscado sempre tomar atitudes conscientes visando o melhor para o meio ambiente e para população. O treinamento teve orientação teórica e pratica, sendo usada a metodologia para Avaliação Visual de Árvores de Risco e Tabela para Inventário da Arborização Urbana.

As árvores são o maior patrimônio ambiental que existe nas cidades, pois abrigam os pássaros, que espalham as sementes e comem os insetos. Elas dão sombra e diminuem a temperatura.  Controlam enxurradas, pois uma parte da água da chuva ficará na terra que a abriga. Ajudam, ainda, a aumentar a umidade, pois, quando transpiram, liberam água para o ambiente.
Além disso, as árvores tiram do ar a poeira e o excesso de carbono que o poluem. Embelezam as nossas cidades e nos dão a sensação, física e psicológica, de bem-estar: que é quando percebemos a natureza e nos sentimos bem.
Eline explica que o objetivo é de ter uma cidade sadia que proporcione qualidade de vida aos moradores, podendo as arvores serem usadas como um mecanismo impar. Essa é uma parceria com a Prefeitura, para demonstrar a importância das arvores e preservar as mesmas para uma cidade melhor.
Aumentar Fonte
Contraste