PROJETO PILOTO DE COLETA SELETIVA E DE CENTRAL DE TRIAGEM SERÁ INICIADO EM PIUMHI

 

Na tarde de ontem (19/07), em um encontro realizado na Prefeitura de Piumhi, foi assinado o termo de cooperação técnica para implantação de um projeto piloto de coleta seletiva e de central de triagem no município. O termo foi assinado pelo prefeito Adeberto José de Melo (Deco), a empresa JDE e Gaia, que é parceira do projeto. 
 
Estiveram presentes na reunião, além de Deco, o secretário adjunto do Meio Ambiente Martiniano Fagundes, a Secretária de Governo Sany Almada, a Secretária de Administração, Adriana Ribeiro, a Secretária de Agropecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, Helenice Miranda, representante do jurídico do executivo, representantes do IFMG, representantes da Polícia Militar de Meio Ambiente,  vereadores, a Gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da JDE Brasil, Claudia Zanicheli, Diretora Executiva do Grupo GAIA  Juliana Navea, entre outros.
 
Na oportunidade, os responsáveis assinaram um Termo de Cooperação Técnica entre JDE e o município de Piumhi-MG, com o compromisso de estruturarem um plano de ação que contribua para a definição das estratégias de responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida das embalagens pós consumo na cidade. 
 
A prefeitura escolheu a semana que celebra os 150 anos da cidade de Piumhi para formalizar o termo de compromisso, junto a JDE, para a implantação do projeto piloto de Coleta Seletiva e Central de Triagem de Resíduos Sólidos Urbanos, tendo em vista que este é mais um passo importante para a cidade.
 
Segundo o secretário adjunto de Meio Ambiente, Martiniano Fagundes, há cerca de um ano eles descobriram o trabalho da empresa no estado de São Paulo e desde então que veem trabalhando na parceria com a JDE.
 
“Está sendo assinado este termo que é o ponta pé inicial da implantação do processo da coleta seletiva nos próximos meses em Piumhi”, ressaltou.
 
Martiniano explicou que a prefeitura deve ceder um galpão de triagem de material e a empresa com as máquinas para realização do trabalho, além de ser inserido também o treinamento, educação ambiental e também a criação de uma futura associação que será formada no município.
 
O prefeito Adeberto José de Melo (Deco) aproveitou a oportunidade para falar da importância da implantação do processo de coleta seletiva no município, ressaltando que é de extrema importância a preocupação com o meio ambiente e com o lixo produzido pela população.
 
“Estudamos o que poderia ser feito em relação a isso e chegamos a conclusão de fechamento desse projeto com a JDE, para estudarmos a possibilidade da instalação de um aterro sanitário no município, e caminhando para isso, já procuramos a empresa que já tem um trabalho voltado para essas questões. Estamos sempre preocupados com o meio ambiente e por isso desenvolvemos tantos projetos na área, e hoje já estamos colhendo os frutos desse trabalho”, disse.
 
Deco explicou que o trabalho será iniciado com a coleta seletiva e se trata de um procedimento a médio e longo prazo, que deve ser feito com bastante respaldo e cuidado.
 
“Essa parceria com certeza está sendo de grande valia e o envolvimento das empresas em fazer com que dê certo o resultado final é notório”, ressaltou Deco.
 
As ações planejadas serão implementadas com apoio do Grupo GAIA, utilizando o método de intervenção do Programa ViraSer que une a expertise do GAIA e o investimento da JDE, empresa que atua de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), para evidenciar o potencial de geração de materiais recicláveis da cidade capazes de gerar trabalho e renda.
 
“Na JDE somos impulsionados pela paixão por cafés, pelo cuidado com as pessoas e o respeito pelo meio ambiente. Através da nossa Responsabilidade Corporativa, assumimos o compromisso de exercer papel de liderança nas questões de sustentabilidade por meio de parcerias entre a indústria, governos e ONGs. Por isso, nos preocupamos em ouvir a comunidade de Piumhi e investimos no mapeamento das necessidades socioambientais da região, entre elas, foi destacada a destinação correta dos resíduos sólidos pós consumo”, explicou a Gerente de Comunicação e porta-voz da JDE Brasil,  Isabela Botaro.
 
“Acreditamos no poder das parcerias para a eficiência do gerenciamento de resíduos que é um problema complexo do nosso país. Nosso objetivo é disponibilizar um modelo diferenciado com foco na eficiência produtiva e gestão, com o princípio da responsabilidade compartilhada – sociedade civil, prefeitura e empresa. A parceria com a JDE e Prefeitura de Piumhi nos permite cumprir com a nossa missão que é garantir estes resultados com inclusão socioprodutiva do catador através da geração de renda”, enfatizou a Diretora Executiva do Grupo GAIA, Juliana Navea.
Aumentar Fonte
Contraste