PREFEITURA REASSUME A MANUTENÇÃO DA REDE DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

 

Depois de muitas negociações com a Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), a Prefeitura Municipal de Piumhi reassume toda manutenção da iluminação pública na cidade (cerca de cinco mil pontos), a partir deste mês de janeiro.

Visando trazer mais qualidade no atendimento a população, o Prefeito Adeberto José de Melo (Deco), preocupado com a qualidade no serviço de manutenção da iluminação pública realizado pela CEMIG, que vinha tendo problemas em realizar esse trabalho devido a dificuldades operacionais e de logística, não podendo atender a contento todo o estado, Deco procurou representantes da empresa e negociou para que a prefeitura passasse a reassumir a manutenção das lâmpadas.

Foi realizada uma adesão a Ata de Registro de Preços do Consórcio Público para Desenvolvimento do Alto Paraopeba – CODAP, ficou definido que a empresa que assumirá essa função de executar a manutenção preventiva e corretiva com fornecimento de materiais e mão de obra para o sistema de iluminação pública é a Construtora Siqueira Cardoso Eirelli (CSC), da cidade de Passos.

O contrato com a empresa tem vigência de doze meses, podendo ser prorrogado. Foi acordado que a construtora deverá realizar o trabalho de forma eficiente e de qualidade, fornecendo pessoal qualificado e habilitado, devidamente identificados e uniformizados. Em caso de desconformidade ao estipulado e serviço não satisfatório, a empresa realizará a revisão e adaptação de forma a atender corretamente as necessidades da administração.

Entre os serviços que serão prestados inclui-se a substituição de lâmpadas, relés, reatores, base para fusíveis e soquetes avariados ou com defeitos, refratores (vidros) de luminárias quebrados e/ou com problemas técnicos, reparar e/ou substituir os braços de luminárias e as próprias luminárias, bem como sua fiação interna, além de executar reparos de chaves de comando em grupo, e, revisão e reaperto de conexões.

O Prefeito Deco explanou que dessa forma a população será melhor atendida e os custos deverão ser melhor administrados.

“Nós queremos que todos sejam atendidos de forma rápida e eficaz, tendo em vista que as manutenções estavam sendo feitas de forma mais lenta, devido a demanda geral da Companhia. Sendo realizada com nosso controle, teremos mais noção da realidade das demandas, dos valores gastos com cada uma e poderemos auxiliar melhor o cidadão de forma justa”, ressaltou Deco.

Sobre os prazos estabelecidos para o cumprimento das atividades de manutenção, ficou acordado que após o recebimento de uma reclamação ou solicitação do Município, a empresa terá até 120 horas para fazer a recuperação de qualquer ponto com defeito no perímetro urbano da cidade, na zona rural ou bairros afastados o prazo estende-se para 168 horas.

A construtora terá até 72 horas para realizar uma substituição ou correção de posição ou instalação de ponto de iluminação pública, 240 horas para serviços de manutenção preventiva, podendo ser ampliado a critério exclusivo do Município, 24 horas para correção de conjunto de três ou mais pontos sequenciais apagados durante a noite ou acesos durante o dia em região central ou bairro.

Para correção de ponto isolado aceso durante o dia em região central ou bairro o prazo é de até 48 horas para realizar a manutenção, 168 horas para correção de ponto isolado apagado durante a noite na zona rural ou antigos distritos, 96 horas para correção de conjunto de três ou mais pontos sequenciais apagados durante a noite, e terão até 24 horas para realizar o lançamento no sistema informatizado após a execução dos serviços.

A partir de 07/01/2019 as pessoas poderão utilizar o telefone (37) 3371-9224 para realizar a solicitação de manutenção em postes próximos à suas residências.

Aumentar Fonte
Contraste