PREFEITURA DE PIUMHI APOIA OBRA PARA RESOLVER O PROBLEMA DA ÁGUA EM PIUMHI

 

Durante a última semana o Saae, com o apoio da Prefeitura de Piumhi, realizou a obra de captação de água do Rio Piumhi para abastecer o município. Foi um procedimento de emergência, uma vez que a água do Ribeirão Araras, que abastecia a cidade, está em pouca quantidade por causa da falta de chuva.

Para este trabalho, foi instalada uma motobomba de 7.800 metros de distância, 186 Metros de Coluna D’Água (DMA) para a área de tubulação, que corresponde a 300 milímetros, sobre o Ribeirão Sujo, com 68 litros de água por segundo e vazão de 244.800 litros por hora para o abastecimento de Piumhi.

O equipamento para bombear a água instalado nas margens do Rio Piumhi, provisoriamente, foi locado de uma empresa da cidade e tem a capacidade de sucção de até 100 litros por segundo.

A medida foi adotada pelo fato da cidade estar passando por um longo período de estiagem, o que pode ser notado pela queda constante na vazão do Ribeirão Araras, cujo monitoramento realizado pelos técnicos do SAAE recentemente, marcou apenas 95 litros por segundo.

Com a ativação do sistema do Rio Piumhi, um reforço nos estoques de água da cidade que pode chegar aos 80 litros por segundo e segundo a autarquia, assim que a água estiver percorrendo os 7 quilômetros da tubulação com destino à Estação de Tratamento de Água (ETA) no bairro Nova Piumhi, será realizada a verificação de eventuais problemas na rede, como vazamentos por exemplo, procedendo os reparos caso sejam necessários.

Apesar de não estar previsto nenhum tipo de racionamento de água, a orientação do Saae é para que a população adote com cada vez mais rigor medidas de economia de água, tanto nas residências quanto nos estabelecimentos comerciais.