DECO PARTICIPA DE CERIMÔNIA DE POSSE DO NOVO GOVERNADOR DE MINAS

 

Na manhã da última terça-feira, 1º de janeiro, o Prefeito Adeberto José de Melo (Deco) esteve em Belo Horizonte para participar da cerimônia de posse do Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, e do Vice Paulo Brant.

O evento aconteceu na sede da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), tendo início às 9h30. Os dois eleitos foram recebidos por uma comitiva de deputados. Juntos, cumprimentaram prefeitos, vice-prefeitos e presidente de Câmaras municipais. No plenário, foram saudados pela cúpula de aço de cadetes da Polícia Militar de Minas Gerais, em seguida, o hino nacional foi executado.

Durante a cerimônia, Zema e Brant entregaram suas declarações de bens ao deputado Arlen Santiago, 3º Secretário da Assembleia e declaram o compromisso constitucional, com leitura do termo de posse, assinado por ambos. O deputador Adalclever Lopes, presidente da ALMG, os declarou empossados.

O Prefeito Deco chegou cedo ao local e fez questão de acompanhar toda a cerimônia de Zema.

“Temos que valorizar os momentos importantes que nosso Estado vive. Essa mudança de governo pode significar muito para os municípios e precisamos estar alinhados com todo o novo governo, para que a situação financeira das cidades melhore. Acompanhar a posse foi um ato singelo para o nosso estreitamento e acreditamos que tudo irá melhorar”, enfatizou Deco.

Após receber o Grande Colar da Inconfidência de Fernando Pimentel (PT), Romeu Zema fez o seu discurso. O governador eleito alertou que o Estado passa por sua maior crise financeira, como uma expectativa de deficit de R$30 bilhões em 2019, o que pode passar para R$ 100 bilhões nos próximos anos, caso nada seja feito.

“Reformas administrativas e fiscais devem ser levadas em diante para que os funcionários recebam seus salários em dia, para que as prefeituras possam receber o que são delas de direito e para que possamos investir nas prioridades do Estado”, discursou Romeu Zema.

Zema ainda pediu união de toda a sociedade e apoio dos deputados e deputadas na aprovação de projetos no Legislativo.

Aumentar Fonte
Contraste