PROGRAMA VIVER É INAUGURADO EM PIUMHI

Na tarde da última segunda-feira (16), a Prefeitura Municipal de Piumhi, por meio da Secretaria de Assistência Social, inaugurou o Programa Viver “Envelhecimento Ativo e Saudável”, no Centro de Convivência da Melhor Idade. Essa é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, aderida pelo município.

O programa trabalha com quatro campos de ação: tecnologia, educação, saúde e mobilidade física, que possuem como objetivo inserir a pessoa idosa no contexto atual da ampliação das habilidades necessárias, a qualidade de vida para um envelhecimento ativo e saudável. Deste modo, foi instalado oito computadores no Centro de Convivência .

A inauguração contou com a participação do Secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Antônio Costa.

Também esteve presente a Secretária Municipal de Assistência Social, Arianne Soares de Oliveira, a Diretora do Departamento, Talita de Castro Lima, a Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Delba Helene Cunha Silva, e representando o Prefeito Municipal, Adeberto José de Melo (Deco), esteve o Procurador Municipal, Luís Gustavo de Faria Alves.

“O programa vem a somar e trazer mais qualidade de vida a pessoa idosa para o envelhecimento saudável, inclusivo, ativo e, principalmente, no que diz respeito à dignidade da pessoa humana”, enfatizou Delba, coordenadora do CRAS.

Na ocasião, Luís Gustavo de Faria, justificou a ausência do Prefeito, agradeceu a todos presentes e frisou sobre a importância da terceira idade na inserção tecnológica e das inovações, propiciando assim as gerações mais antigas melhor qualidade de vida e dinamismo. “Os idosos que lidam com a tecnologia sentem-se atualizados, ocupando o tempo livre, possibilitando ainda novas experiências, descobertas e vivências”, reforçou Luís.

Na oportunidade, Antônio Costa, contou que o Programa Viver, neste ano, foi instalado em 101 municípios de todo Brasil, visando a inclusão digital e social, assegurando a participação da pessoa idosa para elevar a qualidade de vida.

Por fim, o Secretário ressaltou a importância da inclusão, sendo a tecnologia um fator que permite o indivíduo estar mais integrado na comunidade, além de desenvolver novas habilidades e expandir o conhecimento, trabalhando alguns eixos importantes na linha do direito do Estatuto do Idoso.

Aumentar Fonte
Contraste