PREFEITO DE PIUMHI DISCUTE SOBRE PROGRAMA “PROPRIEDADES RURAIS PROTEGIDAS” EM PASSOS

Na Sexta-feira (19), o prefeito de Piumhi, Adeberto José de Melo (Deco), participou de uma reunião na sede da Associação dos Municípios do Médio Rio Grande (AMEG), em Passos, juntamente com o Deputado Emidinho Madeira, para apresentar um programa para proteção das propriedades rurais. Trata-se de uma campanha regional que o deputado tomou frente a ser realizada juntamente com os prefeitos dos municípios vizinhos.

Na oportunidade, devem participar do evento autoridades das polícias Civil e Militar, do governo do Estado, diversos prefeitos, presidentes de sindicatos de produtores e trabalhadores rurais, Emater e vários outros membros de instituições do setor privado.

Segundo o deputado idealizador do projeto, os encontros estão sendo organizados através do consórcio de municípios ConCafé.

“Temos mobilizado toda região para implantarmos ações em conjunto com os prefeitos, polícias militar e civil e todas as organizações da sociedade. Já realizamos os encontros nos institutos federais de Muzambinho e Machado com os prefeitos dos municípios de suas respectivas regiões e agora será em Passos, onde estarão presentes várias autoridades já confirmadas. O caso da segurança pública tomou uma projeção insustentável e o momento exige urgência. Não podemos mais conviver com a criminalidade que está tomando conta das nossas cidades seja na zona urbana ou rural. Quanto mais unidos estivermos melhores serão os resultados. Nós sabemos que não é uma tarefa simples, mas é preciso que tomemos uma atitude. A responsabilidade é de todos nós e cada um tem que fazer a sua parte”, disse o deputado.

Na ocasião do encontro, será apresentando o programa “Propriedades Rurais Protegidas”, que integra os municípios com a Polícia Militar através de um sistema de rastreamento.

Foram convidadas as seguintes cidades: Pimenta, Doresópolis, Piumhi, São Roque de Minas, Vargem Bonita, Capitólio, Alpinópolis, Ilicínea, Guapé, Cristais, Campo do Meio, Passos, Itaú de Minas, Pratápolis, Cássia, São Tomás de Aquino, Delfinópolis, Ibiraci, Claraval, Capetinga, São João Batista do Glória e Fortaleza de Minas.
Mesmo os municípios que não constam da lista oficial, podem e devem comparecer, ressaltou a organização do evento.

De acordo com o prefeito, é de suma importância a criação de um programa como este. “Nossas comunidades rurais estão totalmente desprotegidas e isso é um prato cheio para a bandidagem. Precisamos unir forças políticas e de segurança, para levar mais tranquilidade aos nossos produtores e moradores das comunidades. Acredito que este programa será muito promissor e ajudará a combater a criminalidade, trazendo mais segurança ao nosso povo” comentou Deco.

Aumentar Fonte
Contraste