CURSOS DE COSTUREIRA DE CALÇADOS E BOLSAS TEM INÍCIO EM PIUMHI

 

Na intensa busca de oferecer oportunidades para a população, a Prefeitura de Piumhi, por meio do Departamento de Agropecuária, Abastecimento e Meio Ambiente e de Cultura, em parceria com a FIEMG Regional de Divinópolis, da Escola Móvel SESI/SENAI, deu início na manhã de ontem, 20, os cursos profissionalizantes de Costureiro de Calçados e de Costureiro de Bolsas.

As aulas estão sendo ministradas em uma carreta do SESI/SENAI, instalada em frente a Casa da Cultura, na Praça da Matriz. São duas turmas de 12 alunos cada, sendo o Curso de Costureira de Calçados ministrado de 08 ás 12:15hs e de Costureira de Bolsas das 13:15 ás 17hs.

As aulas têm a duração de 30 dias cada turma, sendo que ao final 24 alunos devem receber o diploma e apresentar otrabalho realizado.

O objetivo dos cursos é de preparar profissionais, de maneira a capacitar mão de obra para a indústria, ajudando a construir a cidadania e possibilitando a geração de renda e a inclusão dos participantes no mercado de trabalho.

O ensino será focado na prática, o que possibilita um maior alcance, independente de grau de escolaridade e conhecimentos prévios.

As Escolas Móveis do SENAI são oficinas volantes nas quais são realizados cursos de formação continuada, destinadas a atender às necessidades imediatas e específicas de formação profissional das indústrias. São compostas com equipamentos, materiais didáticos, ferramentas e acessórios capazes de dar o suporte necessário para a realização e o desenvolvimento dos cursos.

Segundo o professor do SESI/SENAI que irá ministrar o curso, Lourival, os alunos devem buscar cada vez mais se atualizar e sempre fazer cursos, uma vez que emprego hoje se encontra mais volátil e se deve ficar mais flexível, procurando abordar muitas áreas e se adaptar a mudanças que se façam necessárias.

A secretária de Agropecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, Helenice Miranda, pontuou que a partir dessas capacitações as pessoas podem buscar um rumo para sua vida, como a pessoa que decide produzir o que aprendeu e comercializar o produto, fazendo disso sua fonte de renda.

O prefeito Adeberto José de Melo (Deco) na oportunidade ressaltou que é de extrema importância esse investimento, tendo em vista que proporciona conhecimento e capacitação à população, oportunidades de empregos e até mesmo um direcionamento profissional para as pessoas que buscam se recolocar no mercado de trabalho.

Aumentar Fonte
Contraste